Home

AS VIAGENS IMPOSSÍVEIS
DE MIGUEL PORTAS

Cinco anos depois da morte de Miguel Portas, o périplo que fez enquanto político, escritor, repórter e viajante curioso e insubmisso, por vários países do Médio Oriente seria hoje difícil de realizar. Depois do fracasso da Primavera Árabe na Líbia, na Síria e no Iémen, devastados pela guerra e pelo caos, estas viagens tornaram-se quase impossíveis.

 

Sessão no Jardim de Inverno do Teatro S. Luiz,
Lisboa, domingo, 7 de Maio, 17h.
Nesta comemoração, a Associação Cultural Miguel Portas, convida Alexandra Lucas Coelho, Clara Ferreira Alves, Paulo Moura e Sofia Lorena a debaterem a experiência vivida enquanto jornalistas nas suas reportagens pelo Médio Oriente – muitas delas realizadas nos mesmos territórios das viagens de Miguel Portas.
O debate será moderado por Daniel Oliveira e contará com tributos musicais do pianista Mário Laginha e do contrabaixista Miguel Mira.

Presidente da República
condecorou Miguel Portas

01.05.2017

“O Presidente da República condecorou, sob proposta do Primeiro-Ministro, o Dr. Miguel Portas com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade. Esta condecoração ocorre no dia do seu aniversário, passados cinco anos sobre o falecimento. ”
via Presidência da República – http://www.presidencia.pt/?idc=10&idi=127491